Ajudem a botar Bloco da Laje na rua em 2017!

Tempo de leitura: 3 minutos

Vai ter Bloco da Laje na rua em 2017!

Mas, precisamos da ajuda de vocês!!! Está lançada mais uma campanha de financiamento coletivo do Bloco da Laje.


Convocamos os amantes da FOLIA para apoiarem!

É tudo ou nada! Ou atinge os 100% ou perdem o que foi arrecadado.

Bora botar o Bloco da Laje na rua minha Gente!!!

Entra no Catarse e vamos apoiar a ALEGRIA!!!

https://www.catarse.me/blocodalaje2017

Olha o que você ganhará de contrapartida se apoiar:

Convidem os AMIG@S 🙂 e se liguem nos ensaios aos domingos (confira a fanpage)

O Bloco vai invadir as ruas de Porto Alegre no dia 29/01/2017!


Conheça um pouco mais deste COLETIVO fantástico!!!

 

O Bloco da Laje, formado originalmente com o objetivo de reunir amigos, artistas e simpatizantes do carnaval para sair pelas ruas da cidade em cortejos pré-carnavalescos em 2012, superou as expectativas do próprio grupo que o criou, reunindo mais de duas mil pessoas nas ruas da Cidade Baixa no ano de sua criação. De lá pra cá, o grupo se solidificou e se estruturou como um coletivo, marcando presença na cena cultural de Porto Alegre.

A intenção não é seguir moldes pré-estabelecidos, mas buscar a raiz das celebrações populares, a festa da carne, do povo, anárquica, libertadora, democrática, pública, horizontal, visceral. O coletivo se diferencia por procurar sua forma própria de brincar e de oferecer estas brincadeiras ao público: esteticamente organizado, pulsante e principalmente convidativo à participação, à celebração e a momentos de comunhão através de uma experiência artística compartilhada, onde o público se integra fisicamente à obra e se torna um co-autor.

O Bloco da Laje se vale do conceito da antropofagia para constituir sua linguagem, resultando em um grupo cênico/musical/carnavalizado, ou um bloco teatralizado, autoral, inspirado na cultura popular na composição de seus jogos e canções. Tal formação permite a formulação de um produto cultural híbrido, que transita em diferentes segmentos da cultura.

A composição estética do bloco se origina no improviso, na alegria, no encontro, na roupa das festas de domingo: bela, brilhante e única, mesmo que reciclada e improvisada com os materiais disponíveis. O conceito “Laje” considera mais a criatividade do que o luxo, mais a beleza do artesanal do que a beleza pré-fabricada e padronizada. Assim, os próprios participantes do Bloco são autores de seus figurinos, da composição de suas figuras, dos elementos cênicos utilizados, das bandeiras, adereços, bonecos e alegorias, constituindo uma estética própria, dentro das cores coletivamente eleitas: vermelho, amarelo e azul, as cores primárias.

Desde sua criação, o Bloco da Laje viveu momentos impactantes, como sua primeira saída às ruas, onde foi seguido por mais de duas mil pessoas. Participou de importantes eventos das artes cênicas, como o encerramento do Dia Internacional do Teatro, em março de 2012; do Arraial da Laje, onde, em pleno inverno gaúcho, levou hordas de foliões às ruas da Cidade Baixa, em Porto Alegre; do Aniversário da Casa de Cultura Mario Quintana, em setembro e, mais recentemente, no encontro com o grupo Tucurutá, em novembro. Marcou presença na cerimônia de entrega do Prêmio Açorianos, no Teatro Renascença, em 14 de dezembro, como grupo convidado.”

Créditos Campanha Catarse – Carnaval Bloco da Laje 2017

Criação e produção geral: Diego Machado, Francisco de los Santos, Julia Rodrigues, Juliano Barros, Martina Flörich, Thiago Pirajira e Thiago Lazeri

Elaboração e mídia: Luiza Carmona e Thiago Lazeri

Artes gráficas: Martino Piccinini

Vídeo: Biel Gomes e Thiago Lazeri

Assessoria de Imprensa: Bebê Baumgarten

contato: blocodalajepoa@gmail.com

COMPARTILHA AQUI DO LADO E CURTA AQUI EMBAIXO!